:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

A Suzano Bens de Consumo, unidade de negócios da Suzano Papel e Celulose, lança a marca de papel higiênico Mimmo. O produto será fabricado na unidade de Mucuri (BA) e Imperatriz (MA), e é 100% baiano. Com qualidade e design únicos, o Mimmo foi desenvolvido para superar as expectativas do consumidor brasileiro e mostrar que ganhos em qualidade também trazem vantagens em termos de rendimento e custo-benefício. O novo papel higiênico é mais macio e rende mais que os produtos de folha simples do mercado.

O maior rendimento do Mimmo é resultado de matéria-prima de qualidade e alta tecnologia aplicada à produção, que garante alta maciez e absorção. Outros diferenciais da marca são o exclusivo picote inteligente “corte aqui”, que indica a quantidade ideal para uso, e o rolo abre fácil, que evita desperdício. A nova marca é representada por um ursinho, desenhado exclusivamente para ser mascote do produto. A escolha traduz o cuidado e o carinho que a marca Mimmo busca trazer para o dia a dia dos seus consumidores, transmitindo a sensação de conforto, higiene, leveza e maciez. O ursinho Mimmo é destaque nas embalagens, nas folhas do papel e também nas campanhas publicitárias, as quais contam com Maiara e Maraísa, uma das duplas sertanejas de maior sucesso do País, como garotas propaganda.

 

A entrada no mercado de papel Tissue está alinhada à estratégia de negócios da Suzano e demandou investimento de R$ 540 milhões na construção de fábricas próprias. O produto Mimmo será produzido na unidade de Mucuri (BA), que passou por processo de expansão para intensificar a produção de papel branco comum e iniciar a fabricação do papel higiênico – que será produzido pela primeira vez na Bahia. Os equipamentos para a produção do Mimmo foram adquiridos pela empresa no início de 2018 e possuem capacidade para fabricar 60 mil toneladas por ano.

“A Suzano é responsável por todo o processo, desde o plantio do eucalipto até a fabricação de cada rolo de Mimmo. A produção verticalizada ainda permite mais agilidade e controle de qualidade em todas as etapas”, diz Fabio Prado, Diretor Executivo da Suzano Bens de Consumo. No ano passado, a companhia adquiriu a Facepa e se tornou a terceira maior fabricante de papéis sanitários do Brasil, com uma capacidade instalada de 170 mil toneladas entre as unidades de Mucuri, Imperatriz (MA), Fortaleza e Belém. Dessa forma, a Suzano reforça seu compromisso com o desenvolvimento das regiões em que atua, tendo como objetivo transformar a realidade socioeconômica local, estimulando a geração de empregos, empreendorismo e o desenvolvimento social.

 

Por: Vida Diária/Ascom

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

MercadoSul
CNA
carnesSP
Exata
Lekao
GIL Academia