:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

Tem talento de Teixeira de Freitas brilhando pelos palcos da Europa. Essa é uma daqueles histórias que poderiam começar com “Era uma vez...”. O bom mesmo, é que se trata de vida real. Meninos e meninas, nascidos em bairros pobres, que por conta do contato com a arte superam os obstáculos e ganham o mundo. Neste enredo real, dois jovens muito conhecidos dos teixeirenses: Filipe Mota e Ysrael Almeida. Os dois, que por tantas vezes se apresentaram com o grupo do ICED (Instituto de Cultura Educação e Desenvolvimento), sob a regência do Maestro Orley Silva, estão neste momento na Europa, tocando seus instrumentos, dividindo o palco com renomados nomes da música, sendo aplaudidos.

Eles foram escolhidos para integrar a Orquestra Juvenil da Bahia, em grupo seleto, formado especialmente para esta turnê.

 

O primeiro concerto foi na noite desta quarta-feira, 05, em Turim, Itália. Os ingressos se esgotaram e, ao fim, Ysrael e Filipe se declararam emocionados, felizes. Em solo teixeirense, amigos e familiares compartilham da mesma alegria. “É uma emoção muito grande, uma satisfação ver nossos meninos realizando sonhos”, celebra o Maestro Orley.

“Foi muito bom. Nosso primeiro concerto foi, realmente, muito bom. O Ysrael está muito feliz, é bonito de ver a alegria dele. Eu também estou. Tivemos sala lotada, nenhum assento vazio. É nessa emoção que a gente segue para Milão [Itália], onde faremos nossa segunda apresentação”, contou Filipe, que atualmente é um dos professores do ICED em Teixeira de Freitas. O concerto foi no Teatro Regio, um importante espaço de ópera com capacidade para 1750 espectadores. O evento integrou o “Festival Internazionale dela Musica Torino Milano- MITO Settembre Musica”. Filósofo ao palco e orquestra sem regente

 

A Orquestra Juvenil da Bahia realizou o primeiro concerto da Turnê Europa 2018 com grande sucesso. Antes do concerto, a orquestra teve um ensaio no qual a aclamada pianista Martha Argerich reencontrou o grupo - ela foi solista da orquestra nas turnês de 2014 e 2016. 

Já no palco, instantes antes do concerto, o filósofo italiano  Stefano Catucci fez uma breve introdução, contextualizando a presença no festival de uma orquestra juvenil brasileira, em um quadro de referência que incluiu José Antonio Abreu, Giuseppe Sinopoli, Claudio Abbado e a Royal Philharmonic Orchestra. O foi o filósofo quem classicou a primeira parte da apresentação como o “o mais romântico dos concertos”.

“Talvez a característica mais impactante da apresentação foi o seu caráter de espontaneidade, não somente nas ideias musicais propostas por Martha Argerich, como também na interação imediata com o que era proposto pelos vários solistas individuais internos da orquestra e por Ricardo Castro na regência: uma autêntica conversa na qual uma das maiores pianistas da história estava autenticamente dialogando de alma e mente abertas, sem no entanto deixar de, sutilmente, conduzir a música por caminhos da mais alta estruturação e expressão musicais, eletrizando a todos”, descreveu  sobre o momento, o diretor musical do NEOJIBA, Eduardo Torres.

Diante da apresentação, a plateia exigiu bis, e levou. Argerich tocou a transcrição de Liszt para solo de piano da canção “Widmung”, música que foi um presente apaixonado de Schumann a sua então noiva Clara.

 

Após o intervalo, foi a vez da Orquestra Juvenil da Bahia apresentar uma homenagem aos 100 anos de nascimento de Leonard Bernstein, continuando com “Sonhos Percutidos” do compositor baiano Wellington Gomes, e finalizando o programa com Gershwin. O programa que inspirou o Neojiba também foi lembrado.  Como homenagem ao “El Sistema” foi interpretado Danzón nº 2 de Marquez, em um número em que a orquestra tocou sem regência. Da mesma forma, o concerto seguiu com Aquarela do Brasil de Ary Barroso e Tico Tico no Fubá de Zequinha de Abreu, as duas, em arranjos do músico Jamberê.

 

Por: Vida Diária / Michele Ribeiro

Com informações de Eduardo Torres

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

MercadoSul
CNA
carnesSP
Exata
Lekao
GIL Academia