:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

O Instituto de Cultura, Educação e Desenvolvimento (ICED), está presente no dia a dia de Teixeira de Freitas e Região, mais do que isso, está vivo na história de centenas de famílias, que encontram no Instituto uma porta para o seu desenvolvimento humano. Oportunidades que chegam via arte e cultura. Para continuar, o Instituto precisa da sua doação.

 

O ICED é o mantenedor do programa Orquestrando Futuros, que deu origem à Orquestra Nove de Maio, que leva música erudita para diversos eventos da região e eleva meninos e meninas à melhores condições de vida graças as oportunidades da música erudita, pelas quais, eles são levados a viver histórias “com jeito de conto de fadas”.

 

Mas, para continuar a escrever biografias de superação, a Orquestra precisa superar todos os dias as dificuldades financeiras que se impõem. Para continuar funcionando, o ICED recebe doações de populares. Pessoas que reconhecem os serviços prestados e fazem questão de ajudar. Para isso, existe até um pequeno carnê, o “Bravo”, em que cada cidadão pode escolher o valor com que irá contribuir mensalmente.

 

A sede de atendimento ao público do Instituto está na Igreja Batista Memorial (IBM), lá acontecem os ensaios e muitas das apresentações. “São centenas de crianças todos os anos. Já passamos por muitas dificuldades, já pensamos em desistir, mas sempre encontramos mãos generosas estendidas e assim seguimos nesta missão de arte e amor”, desabafou o maestro Orley Silva, coordenador de projetos socioculturais.

 

Para ajudar...

Para ser um colaborador, você pode ir até a sede do ICED e solicitar o carnê bravo, ou ainda, acessar o site www.iced.org.br/doações, preencher um breve formulário e registrar sua doação mensal. Para quem deseja ajudar esporadicamente, os dados bancários para depósito são: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, AG. 3822, OP 003, CC 1062-8.

 

Para relembrar...

Dentre tantas boas histórias que o ICED ajudou a construir, entre algumas das mais recentes estão a do jovem Bruno Rodrigues, que aprendeu a tocar violino com o maestro Orley, passou para o programa Orquestrando Futuros e atualmente está no Instituto Baccarelli em São Paulo, um projeto de referência entre as organizações não governamentais e sem fins lucrativos dedicada à arte e à educação.

 

Mais recente ainda foi a viagem dos jovens músicos teixeirenses à Europa. Filipe Mota e Ysrael Novaes, dois meninos que fazem parte do casting do ICED e que participaram da turnê europeia com a Orquestra Jovem da Bahia, do NEOJIBA. Aliás, quem também conquistou o direito de integrar a orquestra jovem da Bahia foi o talentoso Fernando Batista, outro menino que encontrou a música clássica, participou dos projetos sociais do ICED e segue subindo os degraus da carreira artística. Estes são apenas alguns exemplos, entre tantos, que encontraram no ICED, e na música, a mola propulsora para suas próprias vidas.

 

Por: Vida Diária

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

MercadoSul
CNA
carnesSP
Exata
Lekao
GIL Academia