:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

O que é felicidade para você? Você acredita que existe um meio de você se sentir a maior parte das vezes feliz ou de bem com a vida?

De fato, o conceito de felicidade é muito relativo. Para uns ela pode estar resumida a momentos. Momentos que nos sentimos felizes, plenos que vem, mas que logo passam. Para outras pessoas tem a ver com ter um bom relacionamento, para outras tem a ver com uma boa posição social. A felicidade pode estar relacionada também a ter dinheiro ou um bom trabalho.

Mas fico me perguntado por que a felicidade parece ser tão distante ou depender de momentos ou circunstâncias que nem sempre estão presentes? Tem pessoas que estão sempre dizendo…"quando isso acontecer”, ou quando eu conseguir realizar algo, ou quando…isso ou aquilo… eu vou ficar bem e tranquilo.

Mas o que acontece é que, na verdade, isso nunca acontece. Às vezes você se casa achando que encontrou sua felicidade e o que vê é que não é bem o que imaginava. Você consegue o trabalho que faria você feliz e realizado e quando se dá conta algo continua sem sentido, sem satisfação pessoal. Quantas vezes nos enganamos sobre onde está nossa felicidade acreditando que ela está em algum lugar. Mas onde?  Será que ela não poderia ser mais próxima, mais real e menos desejada? Por que a gente procura fora algo que se encontra dentro?

Uma das coisas mais incríveis que li de pessoas que pesquisam e estudam sobre a felicidade é que ela é aprendida, ou seja, ela pode ser construída. Isso não é incrível? Incrível porque se é assim temos o total domínio sobre ela, podemos optar em sermos mais felizes do que realmente nos sentimos.

A Psicologia Positiva diz que felicidade é o bem-estar ou aquela sensação constante de otimismo, de sentido naquilo que somos e fazemos, é estarmos engajados, é termos relacionamentos positivos. Tudo pode acontecer mesmo quando estamos passando por algum sofrimento. Ela está associada a uma conduta positiva diante das dificuldades em que há esperança e equilíbrio.

Imagino que todos nós estejamos mais acostumados a viver na dureza das coisas, nos apegamos tanto aos momentos difíceis e sofridos que não nos damos conta e nem paramos para pensar no fato de que a felicidade possa ser algo aprendido e vivenciado todos os dias com pequenas ações, pequenas atitudes, tanto quanto o sofrimento foi para nós. Passamos uma vida nos conformando que a vida é mais dura do que fácil. Temos uma falsa ideia de que felicidade é a ausência de problemas e que ela está longe alcançar.

Fadamos nossa vida àquela ideia de destino e, no geral, um destino não tão bom assim, não é mesmo? Incrível como nos adaptamos a tudo né, até ao sofrimento. Tanto que provavelmente deve ter pessoas lendo este artigo achando que o que estou falando é algo impossível e que deve ser muito fácil falar assim. Eu também já acreditei que a vida é mais doída do que alegre, mais pesada do que leve. Mas você realmente acredita que nós nascemos assim?    

Quando vemos uma criança nos admiramos por sua alegria, seu engajamento sua positividade, sua leveza. Mas o que acontece com a gente que ao crescermos nos perdemos deste estado otimista e positivo sobre a vida?  Não é à toa que a Psicologia Positiva diz que aprendemos a ser infelizes e se isso acontece podemos aprender a sermos felizes também. Os problemas existem e sempre vão existir, o que muda é a forma ou disposição que passamos por eles. Se está de bem com a vida no sentido de estar satisfeitos com você mesmo, entendendo que tudo passa inclusive aquilo que nos faz sofrer, acredito que você esteja feliz.

Felicidade não está restrito a festejos, grandes momentos, grandes acontecimentos. Ela está associada a como nos sentimos em relação a nós, ao sentido que damos às coisas que passamos, à nossa capacidade de nos relacionarmos, de nos engajarmos e em cultivamos emoções positivas no dia a dia. A felicidade não mora ao seu lado ela está dentro de você.

Temos total responsabilidade sobre nosso estado de humor.  Precisamos perguntar-nos como eu posso ter mais emoções positivas, mais engajamento, como dar sentido ao que me acontece ou ao que eu faço, como ter mais realização e melhores relações com as pessoas.

Pesquisadores da felicidade dizem que, no final do dia, devemos fazer uma lista de pelo menos três coisas boas que realizamos durante o dia. Reconhecer nossas forças pessoais. Isso tudo aumenta nosso grau de satisfação com nós mesmos e com o mundo, aumentando nosso bem-estar, nos sentimos mais ativos e fortes. A gratidão por exemplo, é uma atitude que tem sido amplamente comprovada pela ciência capaz de produzir um alto grau de bem-estar e sentimentos positivos em alguém.

Claro que tem muito mais que podemos fazer para ampliarmos nosso nível de felicidade, mas reconhecer o que se tem de bom em si e nos outros bem como sermos gratos ao que nos acontece, ampliará nossa capacidade em lidarmos com momentos difíceis e com nosso dia a dia. É muito boa a sensação de saber que podemos construir uma habilidade de nos sentirmos de bem com o mundo. Significa que a nossa felicidade ou satisfação pessoal é algo que está dentro de nós e não nos outros ou nas coisas. Basta começarmos a praticar ações que nos conduzam ou nos despertem para ela.

Até a próxima.

www.criscastro.com.br

https://www.facebook.com/coachcriscastro/

Por Vida Diária: Cristina Castro.

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

COLUNAS Gente de opinião!

A arte da Autocompaixão
A arte da Autocompaixão
Publicado: Quinta, 16 Novembro 2017 16:19
Quanto pesa uma garrafinha de água?
Quanto pesa uma garrafinha de água?
Publicado: Quinta, 09 Novembro 2017 11:50
Estou com celulite, e agora?
Estou com celulite, e agora?
Publicado: Segunda, 06 Novembro 2017 07:33
CNA
carnesSP
Exata
Lekao
GIL Academia