:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

Há uma qualidade em todas as pessoas que se sobressai, seja em que área ou aspecto da vida for.  Talvez seja uma qualidade de difícil definição, mas um tanto fácil de se reconhecer. Sem esta qualidade nossa vida fica capenga, muitas vezes paralisada e sem conseguir atingir seu pleno potencial. Por outro lado, com ela você é capaz de conquistar o mundo, vencendo todos os desafios e suas próprias vulnerabilidades ainda que a vitória pareça distante.

A qualidade destas pessoas chama-se confiança. Uma fé inabalável de que tudo dará certo apesar das circunstâncias, algo que alimenta a certeza de que é possível conseguir o que se propõe ser conseguido. Interessante observar que pesquisas mostram que em meios importantes como o político e o empresarial, por exemplo, estão cheios de pessoas com baixo grau de autoconfiança. Observou-se que pessoas muito capazes careciam de uma certa ousadia, além de possuírem uma crença muito forte de que não eram capazes.

Uma área onde nos deparamos com este tipo de problema é com relação ao medo de se expressar em público. É um medo do que as pessoas vão pensar, se vai parecer ridículo, se vai cometer algum vacilo e daí ser motivo de piada. Aquela sensação de um sucesso inesperado e pouco merecido. Uma ansiedade de estar fazendo algo totalmente fora de sua zona de conforto, mas ao mesmo tempo fascinante, arriscado e superdifícil.

Agora pense bem a loucura que é passarmos toda uma vida sem correr risco algum, sem ter dito o que era para ter sido dito, feito o que era para ter sido feito porque algo nos impediu. São enormes as chances deste algo ser a falta de confiança. Sem ela inventamos desculpas das mais variadas, para não fazermos o que podíamos ter feito, sem ela nos engessamos em uma vida medíocre em que sonhos e desejos são literalmente abandonados ou postos de lado. Sem ela passamos uma vida de frustração por não permitirmos nos realizar pessoal ou profissionalmente.

De fato, não importa o que você almeja, mas não seria maravilhoso se livrar da ansiedade e da frustração de nunca chegar onde se quer por pura falta de confiança? Impressionante como muitos de nós levamos uma vida focados naquilo que nos dá medo, que nos enfraquece, sempre preocupados com o que os outros vão pensar ou dizer. Temos uma crença cultural de que não podemos errar nunca e daí nosso grau de exigência é tão alto que não vivemos em parâmetros reais. Nunca nada do que se faz parecerá bom o bastante.

Podemos pensar que confiança é estar de bem consigo mesmo, dizer que você é especial, mas pensamentos positivos sobre nós mesmos não nos levam muito longe com autoconfiança.

O fato de dizermos eu dou conta de fazer algo não quer dizer que você realmente acredite nisso ou que fará algo a respeito. Ouvir um grande elogio também não influi em nada. Palavras de apoio e empurrãozinho se funcionassem, todos nós seríamos incrivelmente produtivos e afiados em tudo, magros e sempre fantásticos com tudo e com todos, mas creio que não seja bem assim. Muitas vezes vemos comportamentos em pessoas que nos fazem achar que são dotadas de autoconfiança por falarem bem ou com assertividade, mas que apenas parecem confiantes sem de fato serem, ou seja muitas vezes o que vemos não condiz com a realidade.

As pessoas usam máscaras para que ninguém veja o tamanho de sua fragilidade ou vulnerabilidade. Precisamos ficar atentos a isso porque a falta de autoconfiança pode fazer com que algumas pessoas se isolem de uma tal maneira que deixarão de fazer e vivenciar coisas muito positivas, por medo de não darem conta, por acharem que não são boas o bastante e que por isso não vão agradar. Não é à toa que a autoconfiança está associada ao tamanho da crença que se tem em si mesmo para realização de tarefas ou com a práticas de ações necessárias para se atingir um objetivo qualquer a partir de uma decisão.

A confiança se manifesta em uma atitude produzida por uma mente que não tem dúvidas. O que precisamos fazer é agir, assumir riscos, parar de resmungar quando falhar em alguma coisa, parar de se culpar e de usar de justificativas para não realizar e fazer o que é preciso.

Até a próxima!

www.criscastro.com.br

https://www.facebook.com/coachcriscastro/

www.instagram.com/coachcriscastro

Por: Vida Diária/Cristina Castro.

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

COLUNAS Gente de opinião!

CNA
carnesSP
Exata
Lekao
GIL Academia