:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

Hoje começamos a falar sobre o assunto vinho de forma mais ampla, observando, conforme dissemos na sexta-feira próxima passada, os temas propostos a cada fim de semana. E como tal, o tema de hoje são as regiões vitivinícolas ao redor do mundo. E vamos começar falando de uma vinícola brasileira, aqui pertinho da gente.

Produzir vinho pode parecer uma tarefa fácil e agradável, onde todos os que participam do processo, durante a produção, degustam muito vinho e ficam muito felizes, para não dizer embriagados. Mas esse glamour todo é ledo engano. A produção de vinhos requer conhecimento, profissionalismo, dedicação, persistência e uma grande dose de paixão, pois são muitos os processos, desde a escolha das uvas, preparação do solo, até o envasamento dos vinhos. Agora, imaginemos fazer isso em um lugar onde ninguém ainda teve a ousadia de fazê-lo e onde apenas se produzia vinhos suaves de mesa, especialmente os chamados “vinhos de jabuticaba”.

O Vale do Tabocas se localiza em Santa Teresa-ES, cidade serrana a 655 metros acima do nível do mar e que dista cerca de 330 km de Teixeira de Freitas-BA e 78 km de Vitória-ES.

O ano era 2007, quando Vinicius Corbellini (com formação técnica em vitivinicultura pelo Instituto Duca Degli Abbruzzi, em Pádua, Itália), Divanir Pascoal Zottelle e Sandro Salvador, no intuito de produzir vinhos finos para o próprio consumo, abraçaram a ideia e começaram com uma pequena produção de 150 lts. Nos anos seguintes a produção aumentou, e com o sucesso local que o vinho alcançou, mais e mais litros foram produzidos nos anos seguintes. Os produtores usam o sistema de dupla poda, invertendo o ciclo de produção da videira. Dessa forma, a colheita ocorre no mês de agosto.

O Vale do Tabocas possui uma área de 30 ha e atualmente a produção da vinícola está em 4,5 toneladas de uvas, com área plantada de 0,6 ha da casta Cabernet Sauvignon. A estimativa atual de produção é de 3 mil garrafas e os produtores pretendem alcançar uma produção de 20 mil garrafas/ano.

Além de Cabernet Sauvignon, a vinícola tem em fase de testes, as seguintes castas: Merlot, Cabernet Franc e Shyraz.  A Malbec também se faz presente e em conversa com Vinicius, o mesmo me informou que colheu 180 kg desta cepa e está fazendo uma microvinificação, o que gerará algumas garrafas de um belo Malbec capixaba.

Pessoalmente, tive o prazer de degustar o vinho Tabocas Cabernet Sauvignon 2016. Um vinho com boa estrutura, acidez e taninos bem presentes, além de um ataque adocicado. Há também o Tabocas Oak, com passagem por carvalho, o qual não tive a oportunidade de degustar. Vinícius me confessou que vem novidades interessantes por aí, com vinho sendo envelhecido em madeira brasileira. Aguardem!!!

Finalizando, deixo como dica, logicamente, o vinho Tabocas 2016, o qual você pode adquirir conosco. Bom feriado e excelente fim de semana a todos, com ótimas degustações. Santé!!!

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

COLUNAS Gente de opinião!

Vinho Brasileiro: Uma história pouca conhecida
Vinho Brasileiro: Uma história pouca conhecida
Publicado: Sexta, 14 Setembro 2018 23:55
A tirania do “eu tenho que”
A tirania do “eu tenho que”
Publicado: Quinta, 13 Setembro 2018 09:30
Vinícola capixaba: Vale do Tabocas em Santa Teresa-ES
Vinícola capixaba: Vale do Tabocas em Santa Teresa-ES
Publicado: Sexta, 07 Setembro 2018 18:51
CNA
carnesSP
Exata
Lekao
GIL Academia