:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

Começamos um novo semestre e como sempre faço, o primeiro artigo do mês é sempre sobre um assunto que tenho muito prazer em escrever: as vinícolas brasileiras. Prazer porque acredito no vinho brasileiro, como vocês já sabem, pois sempre defendo nossos produtos, e porque posso levar a vocês a possibilidade de conhecer mais um produtor brasileiro.

 

Vamos falar sobre uma vinícola bem familiar, a Cainelli, que traz uma história belíssima de amor pelo vinho, se reestruturando após alguns anos fechada e trazendo hoje vinhos espetaculares ao nosso paladar. Pouca conhecida, a Cainelli tem como filosofia, mostrar a diversidade da produção vitivinícola brasileira a todos os brasileiros. A história começou em 1929, com a aquisição de uma casa comprada neste mesmo ano. Com larga experiência na produção de uvas, desponta como uma das melhores surpresas na produção de vinhos finos de qualidade na Serra Gaúcha, com a competente atuação do jovem enólogo, Roberto Cainelli Júnior, que produz vinhos no estilo clássico, equilibrados em álcool e madeira e estruturados em taninos e ácidos.

 

Em 2004, Roberto Cainelli, proprietário da vinícola, teve a ideia de reativar a empresa, que nasceu em 1929, mas faliu em 1970. A vontade de ver novamente a história da família engarrafada, fez com que direcionasse novamente o esforço para isso.

Roberto Cainelli, diz: "Eu estava organizando umas caixas na antiga casa da família, quando encontrei uns rótulos do nosso vinho, e senti o gigante vazio que aquilo me fazia. Junto com a família, mostrei minha ideia e todos abraçaram. Recomeçamos a Cainelli ".

A vinícola demorou para se reestruturar, tendo seus primeiros vinhos no mercado por volta de 2010. Foram anos de muito trabalho, erros e acertos também, dias difíceis e dias onde se brindava os grandes resultados.

 

"Quero que a nossa marca se espalhe pelo país, quero que as pessoas entendam o que o vinho significa pra nós", lembra Roberto Cainelli.

Esse desejo faz com que o trabalho seja levado a sério, com Roberto passando muito tempo nos vinhedos da empresa, dando uma atenção minuciosa a cada vinha, garantindo que essa história se propague da melhor forma possível, com prazer à mesa.

"Minha felicidade é poder compartilhar nosso vinho com as pessoas. É claro, se abrirem um grande sorriso quando derem o gole, muito melhor!".

 

Roberto Cainelli Júnior, filho do proprietário e enólogo da empresa, diz: " Nunca escolhi a Enologia, ela me escolheu! Desde de pequeno sempre gostei da natureza, das vinhas, da terra. Para mim foi algo tão natural como andar. Tinha que acontecer, o vinho é como o sangue da terra, nasce da interação do ser humano com a natureza.

Nos momentos mais difíceis da vinha ela nos dá seu melhor fruto, como não amar?". Em 2006, esse jovem enólogo iniciou seus estudos, se formando em 2008 como técnico em Enologia, e já ingressando no curso de tecnologia, se formou novamente em 2013 como Tecnólogo em Viticultura e Enologia.

"A vontade de me aprofundar no mundo do vinho veio junto com a ideia de reabrirmos nossa empresa. Precisávamos de um Enólogo, e eu sabia que era isso que eu queria fazer, o vinho me encantava, o trabalho pesado da vindima pra mim não era trabalho ".

 

A vinícola reiniciou nessa época, tendo os primeiros vinhos do Enólogo em 2010. Em 2011 já conquistavam premiações e desde então trabalham cada vez mais duro para trazer inovação e qualidade a este setor.

"Quero propagar a cultura do Vinho no Brasil, difundir o amor que nossa família sente pelo vinho, se virem o que vimos e viver o que vivemos, não tem como não se apaixonar ", ressalta Roberto C. Júnior.

"A melhor maneira de contar nossa história, nosso mundo, e através de nossos vinhos, e afirmo: eles têm personalidade própria, são diferentes, são o sangue do nosso lar, nossa terra".

 

A Vinícola possui algumas linhas de vinhos e espumantes. A linha Addolorata apresenta vinhos de entrada e vinhos suaves, produzidos com uvas Vitis labruscas, vinhos de merlot e cabernet sauvignon secos, além de espumantes moscatel e brut. As linhas Origem e Tempo apresenta vinhos excepcionais, com alto padrão de qualidade para os paladares mais exigentes.

Mais uma vinícola brasileira que você pode conhecer quando for a Bento Gonçalves. Se quiser conhecer os produtos da vinícola entre em contato com a gente.

Fontes: www.adegadochamom.com.br; www.vinicolacainelli.com.br;

 

Vaner Benetti

Sommelier Internacional FISAR

WSET 1

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

COLUNAS Gente de opinião!

VAMOS FALAR DE VINHOS DO BRASIL
VAMOS FALAR DE VINHOS DO BRASIL
Publicado: Domingo, 10 Novembro 2019 22:29
Tipos de telhas cerâmicas
Tipos de telhas cerâmicas
Publicado: Quarta, 06 Novembro 2019 11:54
O que é segurança do trabalho?
O que é segurança do trabalho?
Publicado: Quarta, 30 Outubro 2019 15:39
MercadoSul
CNA
carnesSP
Exata
Lekao
GIL Academia