:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

Ibirapuã, 14 de dezembro: Na tarde desta quinta-feira (13), foi acatado o pedido de prisão preventiva de três suspeitos pelo roubo à agência bancária do Sicoob, em Ibirapuã. O juiz substituto da comarca da cidade, Dr. Marcus Aurélio Sampaio, foi quem confirmou o pedido.

O assalto à agência ocorreu na última terça-feira (11), em que dois funcionários e três familiares foram sequestrados e mantidos em refém, sob ameaças de morte e de todos os tipos insultos. Depois que praticaram o ato, os criminosos deixaram a cidade imediatamente, a bordos de um veículo Renault/Clio preto.

Com isso, a polícia foi acionada, certificaram que as vítimas estavam bem, e os pelotões militares da região Extremo Sul e forças policiais dos estados de divisa (Espírito Santo e Minas Gerais) também ficaram em alerta.

Durante todo trabalho ostensivo, a equipe do Núcleo de Homicídio e Tráfico (NHT) da 8ª COORPIN de Teixeira de Freitas passou a trabalhar com o Serviço de Inteligência e Investigação, o que levou à identificação de pelo menos três dos suspeitos envolvidos no assalto, culminando nos pedidos de prisão em um curto espaço de tempo após a ação criminosa.

Os suspeitos foram identificados como Vanderlei Silva Andrade, vulgo “Chacal”, 36 anos; Adriano Carlos de Oliveira, vulgo “Qualquer Hora”, 41 anos; e, Lincoln Túlio de Souza Oliveira (filho de Adriano), 20 anos de idade.

As polícias da Bahia e Minas Gerais estão trabalhando para identificar os outros dois. Segundo informações, a quadrilha é oriunda do Estado de Minas Gerais e já tem uma longa ficha de crimes de assalto a agências bancárias, com o mesmo modo de atuação. Vanderlei e Adriano eram considerados os líderes da quadrilha, eles coordenavam todas as ações criminosas através de um contato telefônico de dentro da Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem-MG.

Os mandados de prisão contra o Vanderlei e o Adriano serão encaminhados para a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Minas Gerais, dando-lhes conhecimento do cumprimento. Já o Lincoln Túlio, está sendo procurado e o seu mandado de prisão segue em aberto, sendo o mesmo considerado foragido da Justiça.

Segundo os delegados do NHT da 8ª COORPIN, Bruno Ferrari e Manoel Andreetta, a quadrilha atua com extorsão mediante sequestro, direcionada à identificação e captura de funcionários de agências bancárias, visando obter vantagem patrimonial com a subtração do dinheiro da instituição financeira.

 

 

 

Por: Vida Diária / Robson Dias e Ascom

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

MercadoSul
CNA
carnesSP
Exata
Lekao
GIL Academia