:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

A inflação foi de 0,29% em janeiro no Brasil, informou nesta quinta-feira (08) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

Foi a menor taxa do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para janeiro desde a criação do Plano Real. Em janeiro de 2017, a inflação ficou em 0,38%.

A alta de preços ficou em 2,86% no acumulado dos últimos 12 meses, menos do que os 2,95% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores e ainda abaixo do piso da meta.

A meta do governo para a inflação em 2018 é de 4,5%, com tolerância de 1,5 ponto percentual para baixo (3%) ou para cima (6%).

 

Grupos

Dos 9 grupos que compõe o IPCA, 5 aceleraram e 4 desaceleraram em relação ao mês anterior.

Alimentação e Bebidas, de longe o grupo com maior peso no índice, foi de 0,54% em dezembro para 0,74% em janeiro.

O grupo Habitação teve queda de preços puxada pela conta de energia elétrica, que ficou 4,73% mais barata.

O motivo foi o fim da bandeira tarifária vermelha patamar 1 que estava vigorando em dezembro e causava cobrança adicional de R$ 3,00 por cada kwh consumido.

Transportes desacelerou em relação a dezembro, com influência de uma queda de 1,35% no preço das passagens aéreas e de 0,74% no conserto de automóveis.

Ainda assim, o grupo teve a maior alta do mês (1,10%), pressionado por uma alta de 2,58% nos combustíveis puxada pela gasolina (2,44%) e o etanol (3,55%).

Também causaram impacto os reajustes nas tarifas de ônibus urbanos  em cidades como São Paulo e Salvador e dos ônibus intermunicipais de Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo e outras cidades.

O resultado negativo do grupo de Vestuário foi puxado por quedas em itens como calçados (-0,98%), roupa masculina (-1,12%), roupa feminina (-0,93%) e roupa infantil (-1,14%).

“Esse resultado pode ser explicado por algumas promoções que aconteceram para realinhar os preços após a alta durante o final do ano passado”, explica o gerente do IPCA, Fernando Gonçalves, em nota.

 

Por: Vida Diária/Exame

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

POPULARES Mais acessadas na semana