:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

 

Teixeira de Freitas, 26 de janeiro: Um caso que tem repercutido bastante nos principais meios de comunicação do país são os surtos de Febre Amarela em regiões dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. O fato também tem preocupado os teixeirenses, mas segundo profissionais da saúde a situação está bem controlada, não há motivo para alardes.

A equipe do Vida Diária procurou o Posto de Saúde da Família (PSF) do bairro Teixeirinha, o qual vem atendendo um público maior devido à divulgação da mídia, e busca esclarecer todas as dúvidas da população. De acordo com Carlos Vander Rodrigues da Silva, técnico de enfermagem do PSF, “no Teixeirinha, a demanda está muito grande, graças a Deus, nós tivemos uma palestra seletiva com todos os pacientes, mas a maioria dos teixeirenses já estão imunizados, a maioria dos que estão vindo são turistas de São Paulo, Minas Gerais e outras regiões", destaca ele.

A vacina em Teixeira de Freitas está disponibilizada de segunda a sexta, em todas as unidades de saúde. "Saliento que a pessoa traga o cartão de vacina, não é necessário repetir a segunda dose, é considerada como dose única”, informou o técnico de enfermagem.

Os órgãos públicos de saúde (Vigilância Epidemiológica em parceria com a 9ª Dires) estão controlando e monitorando os bairros para que não haja esses casos na região, portanto, a população não precisa se preocupar com os surtos de Febre Amarela, já que no ano passado houve uma forte campanha de vacinação na cidade.

Lembrando que idosos com mais de 60 anos não podem tomar a vacina, devido à baixa imunidade, mas se o paciente pretende viajar para uma região de risco é preciso comprovar através de laudo médico e apresentar o bilhete de passagem para certificar de que a realmente ele irá viajar. “Agora se o paciente já tiver tomado a vacina, a gente só orienta para não tomar mais a segunda dose”, disse Carlos Vander.

Se a pessoa ainda não tomou a vacina, procure a Vigilância Epidemiológica, a qual possui o sistema de busca na internet, através da Secretaria de Saúde, que identifica se o paciente já precisa ou não se vacinar.

Carlos Vander também aproveitou para informar à população sobre a mudança do calendário vacinal, por exemplo, a vacina Meningocócica C já está sendo disponibilizada, antes era recomendada para crianças de 12 a 13 anos, agora ela é disponível para adolescentes de 15 anos, quem já tomou a 1ª e a 2ª dose não precisa, pois é dose única.   

A importância da vacinação é contributiva por fortalecer a qualidade de vida da população, protegendo-a de diversas doenças. Qualquer dúvida, procure um psf próximo do seu bairro e busque se informar com algum profissional, pois todos estão capacitados para resolver qualquer esclarecimento.

 

 

Por: Vida Diária/Robson Dias

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

POPULARES Mais acessadas na semana