:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

O Sebrae Bahia realizou reuniões com gestores e secretários municipais e representantes de entidades da agricultura familiar das cidades de Teixeira de Freitas, Itamaraju, Medeiros Neto e Itanhém, no Extremo Sul do Estado, para viabilizar as estratégias de compras públicas sustentáveis. O objetivo desses encontros, realizados nos dias 24 e 25 de agosto, foi apresentar uma proposta de trabalho para reunir os representantes dos municípios e agentes envolvidos nas questões de merenda escolar e nas compras dos produtos rurais por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Segundo o gerente regional do Sebrae, Alex Brito, com um diálogo mais ativo e a ampla participação dos envolvidos nas tomadas de decisão, os municípios poderão fomentar o crescimento e a qualidade dos produtos oferecidos aos alunos nas escolas. “Isso irá também contribuir para o desenvolvimento econômico dos produtores rurais locais”, disse. Ainda segundo o gerente, as estratégias visam promover oficinas com diversos atores envolvidos, como produtores rurais, nutricionistas e merendeiras para trabalharem nas receitas e na elaboração dos cardápios.

O secretário de educação de Teixeira de Freitas, Hermon Freitas, destaca que a participação do Sebrae nesse desenvolvimento proporcionará benefícios para a população. “A vocação do nosso município é o agronegócio e, por isso, nós precisamos sistematizar as compras, abraçando essa metodologia” disse. Para o prefeito de Itamaraju, Marcelo Angênica, o município precisa profissionalizar as ações dentro da agricultura familiar. “Poderemos conhecer os dois lados, as necessidades do agricultor e as necessidade da prefeitura por meio da intermediação do Sebrae”, destaca.

Em Medeiros Neto, o secretário de agricultura e meio ambiente, Armando Leal, disse que o apoio do Sebrae às ações envolvendo a agricultura familiar irá incrementar o comércio da cidade, facilitando o escoamento dos produtos rurais. “Às vezes, os agricultores produzem, mas não têm para quem entregar por falta de orientação”, afirmou. E essa afirmação da necessidade de maior entendimento, agregando técnicas, direcionamentos e orientações para o próprio produtor acompanhar os processos de perto, é confirmada pela prefeita de Itanhém, Zulma Pinheiro. “Por maior que seja a experiência do agricultor, se ele tiver mais orientação, com certeza, a produção será melhor aproveitada”, finalizou.

As próximas reuniões e oficinas que darão início aos processos práticos de desenvolvimento das Estratégias de Compras Públicas Sustentáveis em cada município acontecerão ainda este ano, de acordo com a agenda de cada município. Essas ações nos municípios irão ajudar as crianças e também aumentar o desenvolvimento da economia local por meio da produção rural.

 

Por: Vida Diária/Ascom

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

CNA
carnesSP
Exata
Lekao
GIL Academia