:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

Através de mutirão com a participação de militantes de entidades ambientalistas e de voluntários de diversas atividades, o GADS (Grupo de Apoio ao Desenvolvimento Social) deu início neste fim de semana, à limpeza da Lagoa do Jacaré, em Itamaraju. A iniciativa tem o intuito de recuperar e preservar o manancial.

O trabalho inicial aconteceu nos dias 17 e 18, com as equipes se reservando em várias atividades. Além da roçagem da margem e das vias de acesso à lagoa, iniciou-se a retirada da vegetação aquática como baronesas e taboas e os dejetos que contribuem para poluir a nascente. A vegetação foi retirada com o auxílio de uma jangada e de uma retroescavadeira, sendo esta última cedida pela empresa fabricante de lajes pré-moldadas Mega Lajes.

“Em nome de toda a equipe do GADS e das entidades e dos voluntários, agradecemos à Mega Lajes por essa contribuição, porque o seu proprietário teve o entendimento de que a sua participação nesse evento contribui para uma causa ambiental”, ressaltou Fernando Muraro, militante do grupo ambientalista. Foram utilizados também no serviço motosserras e roçadeiras, ainda emprestadas por voluntários do município.

A retirada do lixo dos acessos à lagoa ficou à cargo da equipe feminina composta por integrantes do GADS e simpatizantes da ONG. Além de lixo doméstico, foram retirados acessórios de informática, pneus de veículos automotivos e até um vaso sanitário. “Nossa! Até uma privada está sendo depositada aqui”, alarmou Cláudia Pedra, que faz parte do grupo responsável pela limpeza.

Atendendo solicitação dos dirigentes do GADS, o secretário de Agricultura, Meio Ambiente e Turismo, Ivan Favarato Filho, viabilizará a implantação de placas de conscientização na área, a fim de alertar as pessoas sobre a preservação da Lagoa do Jacaré. O secretário esteve em visita ao local durante os trabalhos no domingo, junto ao vice-prefeito Tea Produções.

Faz parte do projeto a confecção de um painel ambiental nas imediações da lagoa, como forma de reforçar a campanha em defesa da recuperação e preservação do manancial.

Informou Gel Nascimento, diretora do GADS, que a limpeza da lagoa visa preparar o ambiente para o evento programado para 18 de março, abrindo a semana em comemoração do Dia da Árvore, em 22 do referido mês. “Vamos reunir a população e dar um abraço simbólico na lagoa, que está implorando pela atenção da sociedade”, mencionou a ambientalista.

Por: Vida Diária/Ascom.

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

MercadoSul
CNA
carnesSP
Exata
Lekao
GIL Academia