:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

Teixeira de Freitas, 10 de novembro: A equipe do Vida Diária esteve presente, na última sexta-feira (09), no Abrigo Institucional Lar Sagrada Família, o qual ainda é bem desconhecido da maioria dos teixeirenses, mas faz um trabalho digno e responsável na cidade. A entidade é apoiada e mantida pelo município, além de receber pequenas verbas estaduais e federais.

 

Segundo Juliana Coelho, coordenadora do abrigo, “é muito importante que as pessoas venham conhecer, o nosso abrigo ainda é muito desconhecido na sociedade. De um tempo para cá que nós estamos o tornando mais visível e visitado, mas ainda grande parte da população não conhece. O abrigo existe desde janeiro de 2010, porém, começou como uma modalidade de casa lar, que é um pouco menor que uma capacidade máxima de crianças. Desde de 2016, a Casa Lar se tornou um abrigo institucional, comparada à Casa Renascer, a diferença é que a Casa Lar é mantida 100% pelo município, além de algumas verbas federais e estaduais. Trabalhamos com a capacidade de 20 crianças e adolescentes, de 0 a 18 anos, que passaram por abandono ou sofre algum tipo de vulnerabilidade social. Essas crianças são trazidas ao instituto, na maioria das vezes, através do Conselho Tutelar”, relata Juliana.

 

A coordenadora explicou todo o processo que a criança ou adolescente passa no momento em que chega ao abrigo, até o estágio em que ela pode ser posta para a adoção. “A partir do momento que a criança chega no acolhimento, será identificada se é, de fato, uma situação de acolhimento institucional, pois a criança pode ter sido encontrada em casa sozinha e chorando (em uma espécie de abandono) pelo Conselho Tutelar, aí o órgão traz ela para cá, mas a mãe pode aparecer no abrigo, ela se justifica e recebe uma advertência. No caso de disponibilidade para a adoção, só acontece em casos quando o Ministério Público retira a guarda da família e a criança passa a ser institucionalizada, aí passa a ser tutelada pela família extensa (avó/avó, tio/tia, irmão/irmã mais velho), se houver a possibilidade, após estudos sociais e entrevistas, fazemos a reintegração, tudo dentro de um processo que ocorre na Vara da Infância e da Juventude. Agora, quando a gente extingue toda e qualquer possibilidade familiar, aí sim, acaba ocorrendo a destituição familiar, fazendo com que a criança entre no processo de cadastro de adoção, este é um processo que demora em torno de dois anos”, explicou a coordenadora.

 

Atualmente, o abrigo conta com 22 atendidos, com idades de menos de 1 ano a 16 anos, funcionando com capacidade acima do permitido, já que a cidade de Teixeira de Freitas tem tido um aumento significativo de casos de abuso sexual e violência contra crianças e adolescentes. A instituição também conta o Plano Individual de Atendimento (PIA), a qual a criança já é cadastrada quando entra no acolhimento e terá a sua disposição inúmeros serviços básicos, como escola, saúde, atendimento psicológico, odontólogo, atividades culturais e esportivas e muito mais, garantindo todo o direito a eles.

 

“Desde o ano passado, contamos com uma parceria muito boa da Faculdade Pitágoras e agora com a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), a qual veio uma equipe de artes, que desenvolveu um trabalho magnífico com os meninos. Estamos com um de um grupo de psicologia, que vem todos os dias, hoje cada criança tem o seu terapeuta. Somos uma instituição que necessita muito dessas parcerias, pois é uma causa social que envolve a todos. Hoje estamos atendendo em torno de 80% das nossas capacidades, mas antes era muito pior, o local era inabitável e não tinha condições alguma de funcionar um abrigo ou qualquer outra instituição social”, finalizou Juliana.

 

O Abrigo Institucional Lar Sagrada Família está situada na Rua Itália, 394, bairro Bela Vista. Se quiser fazer uma visita para conhecer ou fazer alguma doação, entre em contato pelo (73) 3011-2444. A entidade está  aceitando doações de roupas, fraldas, leite, calçados e muito mais.

 

Por: Vida Diária / Robson Dias e Mirian Ferreira

Fotos: Nadson Camargo

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

MercadoSul
CNA
carnesSP
Exata
Lekao
GIL Academia