:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

O ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou nesta segunda-feira (16), a liberação de R$ 147,3 bilhões para conter os efeitos do avanço do coronavírus na economia brasileira nos próximos três meses.

Os recursos serão destinados para antecipação do PIS/Pasep e do 13º dos aposentados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Também haverá um reforço de R$ 3,1 bilhões para o Bolsa Família, que permitirá a inclusão de mais de 1 milhão de pessoas no programa social.

No anuncio, Guedes comunicou também a retirada do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e das tarifas de importação para produtos médicos hospitalares, como máscaras e luvas. “Nós baixamos as tarifas de exportação de 17 produtos”, garantiu Guedes.

Entre os níveis citados como prioritários, R$ 83,4 bilhões serão destinados para a população mais vulnerável e R$ 59,4 bilhões para a manutenção de empregos. “Não queremos nem que idosos sejam atingidos, nem que essa crise vire desemprego”, destacou Guedes.

Na avaliação do ministro, os efeitos econômicos da liberação "vão depender da resposta da economia". Ele ainda admitiu a possibilidade de anunciar novas medidas a cada 48 horas.

 

Valores

Os R$ 5 bilhões destinados aos Ministérios da Saúde e Educação por meio de Medida Provisória na semana passada foi "a primeira tentativa" para reduzir os impactos do coronavírus, afirmou Guedes. "O sistema brasileiro é muito sólido, muito estável e tem condições para estagnar a crise", analisou o ministro.

Em sequência com outro anúncio já feito na semana passada, a pasta comunicou a liberação total do 13º do INSS. Metade do pagamento já havia sido antecipado para abril e a segunda parcela agora será paga em maio, resultando em uma injeção de R$ 23 bilhões na economia.

A liberação das parcelas do abono salarial aos profissionais do setor privado (PIS) e funcionários públicos (Pasep), por sua vez, custará R$ 12,8 bilhões aos cofres públicos.

 

Por: Vida Diária / R7

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

MercadoSul
Exata
Lekao
GIL Academia