:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

A possibilidade de retificação de nome e gênero na certidão de nascimento é uma realidade que já faz parte da vida dos transexuais. Após procurar a unidade da Defensoria Pública do Estado da Bahia – DPE/BA, em Teixeira de Freitas, Jhessy obteve a alteração de prenome e sexo na sua certidão de nascimento. Essas alterações realizadas diretamente em cartório estão em conformidade com a decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal na Ação Direta de Constitucionalidade – ADI 4275.

Embora não tivesse feito a cirurgia de transgenitalização por falta de condições financeiras, Jhessy buscou a Defensoria com o desejo de mudar seu nome e gênero nos documentos pessoais. Ela relatou que desde muito nova apresentava desenvolvimento psicológico de características femininas e quando alcançou a fase adulta passou a adotar por completo a imagem feminina, como vestes e hábitos. Ainda de acordo com Jhessy, ela vivenciou diversos constrangimentos quando se apresentava em locais públicos ou era publicamente chamada pelo nome registral.

De acordo com o defensor público Luiz Carlos de Assis Junior, foi realizado contato com o oficial do Cartório de Registro Civil de Teixeira de Freitas para alinhamento da documentação necessária. Feito o pedido, em duas semanas a nova certidão de nascimento de Jhessy, com alteração de prenome e gênero, foi emitida.

“O sentimento é de gratidão e dever cumprido: ouvir a sra. Jhessy dizer que se sente feliz por ter realizado um sonho e agradecida pela prestação do serviço da Defensoria Pública gera um sentimento de dever cumprido pela via mais simples possível. Isso mostra também que a realização de inúmeros direitos basilares da dignidade humana podem e devem ser efetivados da forma menos burocrática possível, e isso tem sido uma luta diária da Defensoria Pública”, disse Luiz Carlos de Assis.

Jhessy não escondeu a felicidade por ter alcançado aquilo que almejava: “Estou muito feliz por ter realizado o sonho de ter trocado o nome e agradeço a equipe da Defensoria Pública por isso. O que eu tenho a dizer para as trans? Corram atrás dos seus sonhos também”.

 

Por: Vida Diária / Defensoria BA

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

MercadoSul
CNA
carnesSP
Exata
Lekao
GIL Academia