:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

Mucuri, 12 de janeiro: A equipe do Vida Diária recebeu denúncias de que algumas escolas municipais de Itabatã, distrito de Mucuri, estão sem condições de funcionamento, com mesas quebradas, salas fechadas, teto caindo, bebedouros destruídos. O mais grave é que essas escolas são de ensino infantil e muitas mães estão horrorizadas com tamanha irresponsabilidade por parte da prefeitura.

 

Segundo Ana Paula Alves dos Santos, mãe de João Victor, “vim fazer a matrícula do meu filho e me deparei com a escola em péssimo estado e condições. Eu tive três filhos que estudaram lá, mas não pegaram a escola do jeito que João vai pegar. O que o prefeito está fazendo com o dinheiro de Mucuri? Para onde está sendo destinado? Por isso que, nós mães, nos reunimos para brigar pelo direito dos nossos filhos”.

 

De acordo com Samara de Souza Menezes, mãe de David, “fui matricular o meu filho na Escola Sítio do Picapau Amarelo e disseram que não tinha vagas. A secretária informou que a prefeitura fechou algumas salas e que algumas séries iriam ser remanejadas para a Escola Castelo Encantado, entretanto, estamos vendo que as duas escolas não têm condições alguma de funcionamento, os banheiros com descargas amarradas e portas quebradas, pinturas deploráveis, mesas quebradas e muito mais. A minha pergunta é: cadê a reforma, pois já estamos em janeiro e as aulas já começam no mês que vem. Agradeço a atenção de todos! ”

 

Para Taiana Viana Santos, mãe de Lucas, “fui renovar a matrícula do meu filho e me deparei com a escola em situação precária, telhado caindo, porta quebrada, salas sem mesa, sem cobertura para as crianças merendar e brincar, sem ventilador e muito mais”.

 

Regiane Santos Rodrigues, mãe de Bianca, também está preocupada com a situação, “fui matricular minha filha na escola Municipal Castelo Encantado e não tem condição alguma de estudar, telhados caindo, bebedouros quebrados, paredes sem pinturas e diversos outros problemas. Enfim, a escola está um verdadeiro caos. Eles estão pensando começar quando essas obras? ”

 

Após ouvir várias mães, a secretária de educação do município de Mucuri, Ronilza Guerra Jardim, enviou um áudio: “realmente não é justo, estamos tomando todas as medidas cabíveis. As aulas iniciarão dia 1º de fevereiro e até lá estaremos providenciando tudo”.

 

É importante que os órgãos competentes possam resolver da melhor forma possível essa situação, pois a educação é o pilar de qualquer sociedade evoluída. Nossa equipe continua acompanhando o caso.

 

Por: Vida Diária / Robson Dias e Mirian Ferreira

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

MercadoSul
CNA
carnesSP
Exata
Lekao
GIL Academia