:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

Teixeira de Freitas, 02 de julho: Um dos feriados mais importantes para os baianos, com certeza, é o “02 de Julho”, data referida à Independência da Bahia. Com isso, o Colégio Militar Anísio Teixeira realizou na manhã desta segunda-feira (02), pelo segundo ano consecutivo, um evento cívico e já bastante tradicional. O evento teve a concentração em frente ao Supermercado Casa Grande e percorreu o Centro da cidade. O término do desfile foi na Praça da Bíblia.

 

Houve desfiles dos alunos da unidade escolar e a participação do Corpo de Bombeiros (o qual também comemora o seu dia nesta importante data). Além disso, teve apresentações das fanfarras do Colégio Militar e do Centro Educacional Professor Rômulo Galvão (CEPROG).

 

Para Mônica Santos, diretora pedagógica, “na realidade, a independência da Bahia marca a independência do país, e não há nenhuma manifestação cívica sem ser em Salvador. E, desde o ano passado, o colégio vem realizando esse momento cívico, que é uma proposta do Tenente-coronel Magalhães. Em 2017, fizemos nas ruas do bairro Bela Vista, já em 2018 realizamos no Centro da cidade. Na primeira edição fizemos um projeto anterior ao dia da data, explicando sobre o porquê de se comemorar o ‘2 de Julho’, e nesta segunda edição organizamos um concurso de poesias relacionadas à data. Então, sempre tentamos nos interligar com a história, para que eles tenham conhecimento e saibam da importância que a Bahia teve para o processo de independência do Brasil”, explicou a educadora.

 

Segundo o Tenente-coronel Magalhães, diretor do colégio militar, “2 de Julho é uma data magna para a Bahia. Na minha infância fui aluno do colégio da polícia militar e sempre desfilei. Ao assumir o comando do colégio aqui em Teixeira, me veio essa ideia de retomar as tradições baianas. No ano passado propusemos um desfile menor dentro do bairro Bela Vista e neste ano já amplificamos. Portanto, este é um resgate necessário para a história da Bahia e que os teixeirenses possam encarar o feriado ‘2 de julho’ como algo mais significativo”, completou  o tenente-Coronel.

 

Quem esteve presente nesse momento tão importante percebeu toda a sua carga significativa, deixando os baianos ainda mais orgulhosos da sua origem que sempre foi marcada por muita luta e resistência. Além dos desfiles e apresentações, teve o hasteamento da bandeira do estado e o entoamento do Hino de Independência da Bahia.

 

Por: Vida Diária / Robson Dias e Mirian Ferreira

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

POPULARES Mais acessadas na semana