:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

Teixeira de Freitas: Na manhã desta quarta-feira (11) policiais civis da Delegacia Territorial – DT juntamente com policiais militares da SOINT e do PETO da 87ª CIPM cumpriram mandados de busca e apreensão em lojas e residências de empresários envolvidos com a venda e manutenção de armas e munições na cidade. A operação denominada de “Senhores das Armas” teve o objetivo de coibir a venda ilegal de munições e armas de fogo.

Em diversas prisões realizadas pela Polícia Civil e Polícia Militar por porte e posse irregular de arma de fogo e munições, frequentes eram as afirmações dos envolvidos de que os referidos materiais eram comercializados pela Casa Morbeck e Juninho da Sanfona, sendo de fácil negociação os serviços e materiais, acessíveis a qualquer pessoa e sem nenhum tipo de controle. Diante dessas notícias, os policiais passaram a monitorar esses estabelecimentos e constataram efetivamente a veracidade dessa prática ilícita. O relatório produzido pelos policiais subsidiou a representação da Autoridade Policial por Mandados de Busca e Apreensão nas lojas e residências dos senhores Oto Moreira Morbeques, que é o proprietário da Casa Morbeck e Dourivaldo dos Santos, o “Juninho da Sanfona”.

Com a representação da Autoridade Policial e parecer favorável do Ministério Público, o Juiz da 2ª Vara Criminal da Comarca de Teixeira de Freitas decidiu pela expedição dos mandados de busca e apreensão para os endereços representados. Na manhã de hoje, foi dado o cumprimento aos mandados de busca e apreensão quando foram encontrados e apreendidos acessórios, cartuchos, munições, espingardas, revolveres e pistolas nos mais diversos calibres sendo muitos deles de uso restrito das forças policiais e militares.

Durante a apresentação e formalização das prisões foi constatado que outro estabelecimento semelhante prestava o mesmo tipo de serviço na cidade, a “Oficina Confiança”, que tem como proprietário, Agnelson Ferraz, conhecido como “Guigui”.  Diante do flagrante em que se encontrou esse terceiro estabelecimento, equipes da polícia civil e militar foram até o local e apreendeu também, uma grande quantidade armas, munições e acessórios que estavam sob a responsabilidade de Agnaelson. Em grande parte, material de uso restrito às policias e forças armadas. Na oportunidade, também foi proferida voz de prisão em flagrante delito a referida pessoa, sendo o mesmo conduzido para a Delegacia, local onde foi formalizado o ato. 

De acordo com o delegado Ricardo Amaral, a operação resultou na prisão em flagrante de 04 empresários: Oto Moreira Morbeques, Ulimar Cardoso Ferraz, Dourivaldo dos Santos e Agnaelson Ferraz. Também foram conduzidos dois clientes que chegaram nos estabelecimentos enquanto os mandados eram cumpridos, alegando que estariam ali para compra dos materiais ilícitos, oportunidade em que foram ouvidas como testemunhas presenciais da ação policial. No total, foram 122 armas de fogo e 1268 munições de tipos e calibres variados, além de 03 Kg de chumbo e pólvora. 

 

Por: Vida Diária/Ascom.

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

CNA
carnesSP
Exata
Lekao
GIL Academia

POPULARES Mais acessadas na semana